Pesquisa falsa mostra Bolsonaro na liderança em todos os estados

Conteúdo Original Agência Pública.

Tânia Rêgo/Agência BrasilO candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) chega à seção eleitoral em 7 de outubro: levantamento do Paraná Pesquisas é falso

“Paraná Pesquisas registrado no TSE: o mito Bolsonaro vence em todos os estados, porque o povo quer renovação!” – Mensagem que circula no WhatsApp.

Circula no WhatsApp uma mensagem dizendo que Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência, vence em todos os estados segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas. A corrente mostra as supostas porcentagens de intenção de voto nas 27 unidades da Federação, mas a última pesquisa realizada pelo instituto foi feita apenas no estado de São Paulo. Além disso, as porcentagens são diferentes daquelas mostradas na mensagem e o instituto não divulgou os resultados de intenção de voto para todos os estados do Brasil no segundo turno. Portanto, o Truco – projeto de fact-checking da Agência Pública – concluiu que a corrente é falsa.

Foi divulgado nesta quinta-feira (25 de outubro) o mais recente levantamento do Instituto Paraná Pesquisas para o segundo turno de eleições presidenciais. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número BR-04858/2018 e abrange apenas o estado de São Paulo. Foram entrevistadas 2.004 pessoas de 87 municípios.

O levantamento mostra Jair Bolsonaro (PSL) com 59,4% dos votos totais, contra 27,4% de Fernando Haddad (PT). Em votos válidos, excluindo os brancos e nulos, o candidato do PSL registrou 68,4% das intenções de voto, contra 31,6% de Haddad. Na mensagem de WhatsApp, Bolsonaro estaria com 71,47% dos votos válidos – 3 pontos porcentuais a mais do que o apontado pela pesquisa verdadeira.

A corrente ainda mostra o candidato com 71,25% no Distrito Federal e 69,72% dos votos válidos no Rio de Janeiro. O instituto divulgou o resultado da intenção de votos dessas duas regiões em 11 de outubro e 17 de outubro, respectivamente. No Distrito Federal, o candidato do PSL estava com 74,5% dos votos válidos há duas semanas – 3,25 pontos porcentuais a mais que na corrente. Já no Rio, Jair Bolsonaro aparecia com 70,8% dos votos válidos naquela data – 1,1 ponto porcentual a mais que na corrente de WhatsApp.

A empresa não fez levantamentos de intenção de voto em cada uma das outras 24 unidades da federação. Foi feita uma pesquisa nacional, mas a empresa não divulgou os resultados de intenção de voto divididos por estado nesse caso. Em resposta ao Truco, o Instituto Paraná confirmou que a mensagem é falsa.

ReproduçãoMensagem de WhatsApp mostra pesquisa falsa de intenção de voto para o segundo turno das eleições