Em busca do centro perdido

Por Rodrigo Constantino

Por Nivaldo Cordeiro, publicado pelo Instituto Liberal

Estamos agora vivendo o período que antecede a eleição em segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad. Toda a imprensa já manifestou opinião de que a eleição está polarizada e há a ausência do centro político no pleito. Para a maioria dos analistas esse centro seria algo como o PSDB e a figura de Geraldo Alckmin encarnaria essa demanda, ele que foi duramente derrotado.

Entendo que há um grande equívoco aqui. O que vimos nas últimas décadas foi que, a cada eleição, os candidatos de esquerda, inclusive do PSDB, foram prevalecendo e, junto com a direita política, o centro desapareceu por ação política da esquerda. O que vimos foi a esquerdização galopante do país, que aconteceu inclusive nos métodos de governar e de buscar votos. Os tais programas sociais do estilo do bolsa-família não passam de forma desavergonhada


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.