#SanatórioGeral: Candidato à excomunhão

“Nunca fui militante partidário, nem mesmo do PT, ao contrário do que muitos pensam, e ignoro as tensões internas para a escolha de Fernando Haddad como candidato a presidente no lugar de Lula. Como eleitor, considero-o  um bom nome, íntegro e competente, como o demonstrou à frente do Ministério da Educação e da Prefeitura de São Paulo”. (Frei Betto, revelando que deixou de ser frade dominicano não para dedicar-se ao PT, mas para virar confessor e guia espiritual de Lula)


Continue lendo no Blog do Augusto Nunes.