Minas Gerais tem batalha entre o Novo e o velho para governo do estado: ficou fácil escolher

Por Rodrigo Constantino

Nada escrevi ainda sobre a disputa em Minas Gerais, mas creio que chegou o momento. Afinal, o que temos no segundo turno agora é uma batalha entre o novo e o velho na política. Literalmente: temos o Partido Novo com seu maior sucesso na luta por cargo executivo, concorrendo com um tucano tradicional. O governador petista, que tentava a reeleição, ficou em terceiro e fora da disputa. Eis a notícia:

A surpresa marcou a apuração do primeiro turno para governador em Minas. Com 100% das urnas apuradas em Minas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o candidato do partido Novo, Romeu Zema, terminou na frente com 42,73% dos votos válidos. Na conta do TRE os votos brancos e nulos não são considerados. 

Ele ultrapassou Antonio Anastasia (PSDB) – apontado como primeiro até então -, que ficou com 29,06%, na segunda posição. O governador Fernando Pimentel (PT), que


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.