Eleições, algumas notas

Valentina de Botas

1 ─ A confirmação de uma expectativa, por óbvio, não é surpreendente. Contudo, pode ser chocante e é chocante não a confirmação do antipetismo ─ fenômeno mais do que natural e só surpreende pela tardia maturidade ─, mas a confirmação da escolha da maioria do eleitorado pelo antipetismo oco, rupestre mesmo, tendo à disposição candidatos honestos (até que se prove o contrário) e gestores competentes (pelos menos três provados). Diante da escolha, apesar de legítima como qualquer outra, do país em ficar entre os dois piores candidatos que disputavam a eleição, constata-se que a tardança do fruto antipetista em florescer pode tê-lo feito apodrecer no pé e deu no que está dando: um antipetismo que se esgota em si, que não projeta o que será feito do país livre do petismo. Não penso em Fernando Haddad quando afirmo isso porque o projeto de governo do PT é


Continue lendo no Blog do Augusto Nunes.