Apenas 5% dos deputados eleitos receberam a maior quantidade de votos

Categoria:  Eleições
Foto: Agência Câmara   Jornal GGN – O sistema proporcional no Brasil é válido para eleger alguns cargos parlamentares, que nas eleições deste ano incluiu as vagas de deputado federal, estadual e distrital. E a diferença das eleições majoritárias, aonde o candidato é eleito se obtém 50% mais um dos votos válidos, o proporcional traz algumas restrições que, na prática, significam que o candidato que obteve mais votos não necessariamente será eleito.   Dessa forma, apenas 27 dos 513 deputados eleitos para a nova composição da Câmara dos Deputados realmente dependeram dos votos diretos da população para conseguir aquele cargo político. O número representa somente 5,26% do total de cadeiras na Câmara.   Os demais 95% dos deputados foram eleitos graças às regras do sistema proporcional e foram “puxados” para o cargo com os votos dados às siglas e a outros colegas de seu partido. A

Continue lendo no Blog do Nassif.