Em reunião, tucanos relatam que Alckmin chamou Doria de ‘traidor’ e disse que não era ‘falso’

O esfacelamento do PSDB ficou evidente na reunião da direção nacional da sigla, nesta terça (9), em Brasília. Num episódio atípico para seu perfil,  Geraldo Alckmin, presidente do partido, chamou João Doria (PSDB), candidato da sigla ao governo de São Paulo, de “traidor”. Doria participa do encontro e houve debate. A reunião acontece a portas […]


Continue lendo no Painel Folha.