Só com frente democrática Haddad poderá salvar o Brasil do bolsonarismo

“PT, volte a ser digno da hora _ O partido que existiu até agora acabou neste domingo e terá que salvar a democracia” (Celso Rocha de Barros, sociólogo, hoje na Folha).

***

Foi por pouco. A tragédia maior ainda não aconteceu. Vamos para o segundo turno daqui a três semanas. Há esperanças, só depende de nós.

Os brasileiros ganharam uma segunda chance para pensar no que estão fazendo com o seu voto.

“Onda reacionária varreu o Brasil ladeira abaixo”, escrevi no meu Facebook, assim que saíram os primeiros resultados da boca de urna do Ibope.

Quando começaram as apurações, acrescentei: “Nordeste é vermelho. O resto do Brasil virou verde oliva”.

Para operar o milagre da virada, cabe a Fernando Haddad agora a missão de formar uma ampla frente democrática.

Já foi uma grande conquista Haddad chegar ao segundo turno, com apenas quatro semanas de campanha em lugar de Lula, sofrendo o

Continue lendo no Balaio do Kotscho.