Bolsonaro avança corroendo base eleitoral do PT

Agora são duas: divulgado ontem à noite, o Datafolha confirmou a tendência enxergada pelo Ibope de que Haddad estagnou e Bolsonaro deu largos passos à frente, se distanciando. O ex-capitão saltou de 28 para 32% em uma semana, e o petista oscilou de 22 para 21%. Ciro manteve os 11%, Alckmin foi de 10 a 9%. O segundo turno mais provável, entre o militar e o candidato de Lula, seria vencido por Bolsonaro, 44 a 42%. Bolsonaro, porém, perderia para Alckmin — 41% a 43% — assim como que para Ciro, neste…


Continue lendo no Canal Meio.