AS DUAS CARAS DA JUSTIÇA

(Da equipe do blog) – Mesmo não sendo candidatos, dois magistrais e emblemáticos personagens marcarão, do ponto de vista histórico, as eleições deste ano. O primeiro é um Ministro da Suprema Corte que afirma que a justiça tem que interpretar – como se devêssemos passar a publicar constituições sazonais – o que ele divinamente considera serem os “anseios” – de momento – da sociedade. E,

Continue lendo no Mauro Santayana.