As contradições de Bolsonaro estão implodindo a sua candidatura?

Publicado originalmente no blog Histórias Mal Contadas.

Mesmo reformados é complicado um capitão dar ordens a um general. (Foto: reprodução)

No minuto seguinte que veio a público a denúncia feita pela revista Veja de um processo de mais de 500 páginas sobre a separação do candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL RJ) de sua ex-mulher Ana Cristina Siqueira Valle, surgiu na minha mente uma história que aconteceu comigo em 1993, em uma sala de audiências do Foro Central de Porto Alegre. Na ocasião, respondi a um processo por ter acusado um delegado da Polícia Civil de ter se envolvido com os banqueiros do jogo do bicho. A juíza, na época, uma mulher de meia idade, voz macia e firme, me perguntou como era feita a investigação jornalística. Respondi que não tínhamos os mesmo instrumentos jurídicos à nossa disposição, como os policias têm, por exemplo a escuta telefônica. Então,


Continue lendo no Observatório da Imprensa.