“O Estado assassinou meu filho pelas costas e não socorreu! Como sangue de inocente é sucesso de operação?!”; veja vídeo

Do luto à luta

da CDHM

O adolescente Marcus Vinícius da Silva, de 14 anos, morreu com um tiro nas costas quando voltava da escola.

No mesmo momento acontecia a Operação Vingança da Polícia Civil, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Outras seis pessoas foram mortas e duas crianças ficaram feridas.

A mãe dele, Bruna, carrega hoje a blusa do uniforme escolar, manchada de sangue, que o menino usava no dia do assassinato. Agora é o símbolo da luta dela por justiça. Essa história começa às 7 e meia da manhã do dia 20 de junho, uma quarta-feira.

Bruna

“No dia 20 de junho, meu filho acordou atrasado. Ele sempre me pedia para colocar pra despertar o telefone às 7 da manhã. Nesse dia coloquei às 7 e meia e até levei um esporro dele”.

Marcus

“Puxa, minha mãe, a senhora sabe que é

Continue lendo no Vi o Mundo.