Guerras antigas entram em campo contra a Croácia: por que só agora?

“Se consideramos o passado e também o presente dos países que têm seleção na Copa, ficaria muito difícil escolher uma para torcer, a começar pelo Brasil” (Samuel Aarão Reis, em sucinto e preciso comentário publicado no Facebook desta quinta-feira)

***

Estava cá eu no meu cantinho dando meus palpites sobre a Copa da Rússia, que está uma beleza, dentro e fora dos campos, quando ouvi balas perdidas nas redes sociais que chegaram até o Balaio.

Como pouco entendo sobre geopolítica e política internacional (sim, não fui um bom aluno) não me interessei em entrar nesse conflito, mas a nova guerra contra a Croácia (ver posts anteriores) virou o assunto do dia por toda parte nas blogosferas da vida.

Parece até que ainda não terminaram a Segunda Guerra Mundial e o secular conflito nos Balcãs entre os países que formavam a antiga Iugoslávia.

Tenho também razões pessoais e familiares para me abster

Continue lendo no Balaio do Kotscho.