Jungmann evitou soltura de Lula

Nos bastidores daquele domingo tumultuado em que Lula quase foi liberto, partiu do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, a orientação que impediu a soltura. Responsável pela Polícia Federal, o ministro conversou com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Thompson Flores, que lhe recomendou que não libertasse Lula. Como sabia que uma ordem judicial para derrubar o habeas corpus do plantonista estava a caminho, Jungmann repassou à Superintendência de Curitiba o comando….


Continue lendo no Canal Meio.