A repercussão da notícia sobre a libertação de Lula

O último domingo – 08.07- foi um dia de tráfego atípico nas páginas que debatem política no Facebook (Gráfico 1). A movimentação foi disparada pela notícia de que um um desembargador do TRF-4, Rogério Favreto, determinou a libertação de Lula pouco depois do meio dia (primeiro pico nas buscas por notícias sobre Lula no Google — linha vermelha no Gráfico 2).

Gráfico 1: Comparativo do número de interações com as páginas monitoradas entre última semana de junho e a primeira de julho. No domingo, dia 8, o trafego foi muito atípico por conta dos despachos de libertação do ex-presidente Lula. (Crédito: Monitor do debate político no meio digital)

 

Pouco menos de uma hora depois começou a circular na rede a notícia de que Sergio Moro, que estava de férias, se negou a acatar a decisão do desembargador (primeiro pico nas buscas por Moro — linha azul no Gráfico 2).


Continue lendo no Observatório da Imprensa.