Por que caímos? Com imigrantes africanos, europeus jogam o novo futebol

A vida é assim. Um dia a gente ganha, noutro perde.

É verdade que nós, brasileiros, estamos perdendo muitas coisas ultimamente, até a vergonha na cara, e não temos vencido mais nada.

Mas botava a maior fé nesta seleção do Tite, formada à margem e apesar da CBF, e agora sou obrigado a reconhecer que nosso futebol ficou velho, já não somos mais os melhores.

Fiquei triste com a derrota contra a Bélgica, claro, como qualquer brasileiro, mas ao mesmo tempo muito feliz ao ver este novo futebol que surgiu na Copa da Rússia.

Nenhuma seleção da África se classificou para as quartas de final, mas a crescente imigração africana para a Europa, que já causou tantas tragédias de retirantes, ao mesmo tempo contribuiu para formar as novas e poderosas seleções miscigenadas da França e da Bélgica, que agora vão se enfrentar nas semifinais, com o Brasil e o Uruguai

Continue lendo no Balaio do Kotscho.