A nova função da notícia na guerra por corações e mentes

Texto originalmente publicado pelo objETHOS.

Vocês já notaram como a TV Globo aumentou a frequência na divulgação de mensagens não comerciais envolvendo temas como direitos da mulher, respeito às diversidade social, igualdade de sexos, importância do agronegócios? A mesma estratégia está sendo utilizada por instituições governamentais como a justiça eleitoral, ministério público, sem falar na publicidade de empresas privadas.

Trata-se da nova modalidade de apropriação de ideias, valores e preocupações por empresas e instituições interessadas em influir na formação do chamado discurso público, uma expressão que define os posicionamentos predominantes dos indivíduos nas conversas sobre temas e preocupações coletivas.

A apropriação de ideias, valores e preocupações é concretizada na forma de códigos informativos, outra expressão nova e meio complicada para definir um conjunto reduzido de palavras que expressam ideias geralmente complexas. Quando a Globo cria uma serie de mensagens em vídeo baseadas na palavra respeito ela está cunhando um


Continue lendo no Observatório da Imprensa.