Jornada de 6 horas diárias na Suécia aprofunda o comunismo

Na contra mão das reformas trabalhistas anticomunistas que varrem o mundo livre, a Suécia, país socialista e atrasado, surpreende a todos ao anunciar a redução da jornada de trabalho sem a redução dos salários, numa ação comunista sem precedente, ofendendo…

Continue lendo no Professor Hariovaldo (humor).