PENCE, O BRASIL E OS EUA – NADA A TEMER – SE ESTIVERMOS DE HAVAIANAS.

] (Do blog com equipe) – Está explicado porque a viagem do vice-presidente dos EUA à América do Sul, dessa vez incluiu o Brasil em sua “agenda”. Nada a ver com alguma mudança de postura na atitude dos EUA de mostrar ao resto do continente que o Brasil tem que ficar, diplomaticamente,  onde está, na berlinda, por ser justamente o país que nos governos anteriores estava tentando

Continue lendo no Mauro Santayana.