Presidente do PT é absolvida pelo Supremo

A Segunda Turma do Supremo absolveu, ontem, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. Ambos eram acusados de dois crimes. Corrupção passiva — receber dinheiro em troca de favores — e lavagem deste dinheiro. A acusação havia sido feita pelo doleiro Alberto Yousseff e corroborada por Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras. A maior prova era a agenda de Costa, na qual estava anotado ‘1,0 PB’ — que significaria R$ 1 milhão para Paulo Bernardo. O…


Continue lendo no Canal Meio.