Governo bate cabeça sobre frete; Parte da economia está parada

A greve dos caminhoneiros acabou, mas o governo se meteu num vaivém em torno da tabela com o preço mínimo do frete rodoviário. E a indefinição simplesmente travou parte da economia. Segundo o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, quem está impedindo o curso das negociações é o setor de agronegócio. De acordo com ele, das cinco tabelas em elaboração pelo governo, uma para cada tipo de carga, a única sobre a qual não há entendimento é a dos graneleiros…


Continue lendo no Canal Meio.