Minha neta Bebel, 12, pergunta: “Somos humanos ou desumanos?”

Nada do que li nos últimos tempos me fez tão feliz e realizado como o texto escrito pela minha neta Bebel, de 12 anos, que reproduzo abaixo.

Como eu, quando tinha a idade dela, Bebel adora jogar futebol, é são-paulina, brinca como todas as crianças, mas também gosta de ler e escrever.

Ao ler seu texto na noite de domingo, me lembrei daquele bordão do Ronald Golias no programa “Família Trapo”, da TV Record:

“A humanidade não está se comportando bem”.

E isso foi nos anos 60 do século passado… De lá para cá…

Naquela época eu não tinha nem o conhecimento nem as preocupações que a Bebel descreve ao separar os dois lados da humanidade de hoje.

Antes de escrever, ela conversou sobre este tema com a mãe, a também jornalista Mariana Kotscho, que lhe recomendou a leitura de dois livros infantis: “Imagine”, baseado na música de John Lennon,

Continue lendo no Balaio do Kotscho.