Bolsonaro e Doria erram feio; Temer sofre cerco da PF

Lá vai uma série de notas resumindo os comentários de hoje no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

*

Ironia do destino

A dificuldade em cumprir o acordo com os caminhoneiros, seja aumentando o valor do frete, seja reduzindo o preço do diesel, é resultado da solução precária adotada pelo governo para encerrar a paralisação. Ao resolver um problema político-econômico, o Palácio do Planalto cria outro da mesma envergadura.

É uma ironia que o governo que apresentou “A Ponte Para o Futuro”, um programa de cunho liberal na economia que serviu para o mercado como credencial do que seria a gestão Temer, esteja tomando medidas tão parecidas com as da administração Dilma Rousseff. A armadilha em que o governo se meteu mostra como é necessária uma discussão serena e técnica a respeito do preço dos combustíveis.

*

Teorias conspiratórias

As teorias conspiratórias sobre fraudes na urna eletrônica são um reflexo

Continue lendo no Blog do Kennedy.