Temer cede em tudo; Ainda não é certo que caminhões voltem

O presidente Michel Temer capitulou por completo. Em pronunciamento ontem à noite, transmitido pela TV quando o Fantástico mal começara, anunciou um corte de 46 centavos por litro do Diesel cobrado direto na bomba. O preço, garantido por 60 dias, se dará pela suspensão de Cide e PIS/Cofins. O governo federal também determinou pedágio menor, pois deixarão de ser cobrados os eixos suspensos — quando os caminhões fazem viagens de retorno vazios. O Planalto ainda estabelecerá uma tabela nacional…


Continue lendo no Canal Meio.