Temer faz acordo com Parente para subsidiar diesel

O presidente Michel Temer fechou acordo nesta quinta-feira com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, para que a União indenize a estatal a fim de subsidiar o preço do diesel. Isso permitiria a Parente manter os efeitos na companhia da atual política de preços.

Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, Temer disse que orientou os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Eduardo Guardia (Fazenda) a negociar com os caminhoneiros, o Congresso e os governadores de Estado.

Segundo o presidente, o PIS-Cofins deve ser utilizado como um colchão para absorver eventuais altas do diesel, podendo até ter sua alíquota zerada, a depender da negociação. Temer afirmou que pretende encontrar uma solução definitiva no prazo de até 60 dias. Revelou que cálculos do governo estimariam uma indenização de cerca de R$ 1 bilhão à Petrobras até que um acordo fosse implementado.

O presidente disse que pediu a Guardia que

Continue lendo no Blog do Kennedy.