Azeredo, primeiro grão-tucano preso

A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça mineiro rejeitou o embargo de declaração apresentado pelos advogados do ex-governador Eduardo Azeredo. Era o último recurso. A Defesa ainda tentou adiar mais um pouco a prisão, pedindo que só fosse emitido mandado após publicação do acórdão. Os desembargadores votaram, 4 a 1. A Polícia Civil já está negociando a entrega do tucano, que deverá se apresentar hoje a uma delegacia de Belo Horizonte. Azeredo foi condenado a 20 anos e um mês por desvio…


Continue lendo no Canal Meio.