Doria e Moro festejam em NY; crianças da tragédia jogadas na rua em SP

17 de maio de 2018.

Duas imagens nos jornais desta quinta-feira retratam com fidelidade a tragédia brasileira, dois anos após o golpe.

Numa delas (ver post anterior), João Doria e Sergio Moro festejam em Nova York a entrega do premio “Personalidade do Ano” outorgado ao juiz.

João Doria deveria estar em São Paulo, acudindo as vítimas do desabamento do prédio dos sem teto, mas abandonou o cargo 33 meses antes do final do mandato para se candidatar a governador.

Está praticamente eleito por WO, por absoluta falta de adversários no tucanistão.

Sergio Moro foi aclamado como “herói nacional” por empresários e banqueiros nos Estados Unidos.

Os dois são brasileiros que venceram na vida.

Diante do prédio que caiu no largo do Paissandu, em São Paulo, ficaram os derrotados: as vítimas da ocupação dos sem-teto que pegou fogo e caiu, deixando na rua centenas de desabrigados.

Na outra imagem do dia,

Continue lendo no Balaio do Kotscho.