Petista rebate ataque a manifesto de líderes europeus em defesa de Lula: “O atual chanceler gosta é de agradar os EUA”

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pelegrino rebate ataques de Aloysio Nunes a manifesto de líderes europeus em defesa de Lula

do PT na Câmara

O deputado Nelson Pelegrino (PT-BA) rebateu nesta quarta-feira (16) os ataques do chanceler golpista Aloysio Nunes a seis líderes europeus que em manifesto defenderam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e cobraram sua participação nas eleições para a Presidência da República em outubro.

“O atual chanceler gosta é de agradar aos Estados Unidos, não entende nada de diplomacia – o manifesto de ex-presidentes e ex-primeiros-ministros europeus é de conteúdo político e confirma que o mundo vê Lula como prisioneiro político”, disse Pellegrino.

Aloysio Nunes, que é investigado pela suspeita de ter recebido propina da empreiteira OAS, afirmou ter recebido o manifesto com “incredulidade” e o tachou de “preconceituoso, arrogante e anacrônico”.

Pelegrino destacou que quem causa incredulidade é o chanceler, que apoiou o golpe contra Dilma

Continue lendo no Vi o Mundo.