Hacker que clonou celular de Marcela Temer ganha liberdade condicional

Livre e leve Silvonei José de Jesus Souza, o homem que clonou o celular da primeira-dama Marcela Temer, deixou o presídio de Tremembé.

Deixe-o A Justiça de São Paulo acatou em abril pedido de condicional da defesa do hacker. A juíza afirmou em sua decisão que a conduta carcerária de Silvonei foi classificada como ótima e que, preso desde 2016, ele já havia cumprido mais de um terço da pena.

  A primeira-dama Marcela Temer Ícone grid Ícone tela cheia Ícone seta para esquerda Ícone seta para direita

Ícone fechar


Continue lendo no Painel Folha.