Estaria São Tomé Incrédulo?

No dia 08/05/2018, o Jornal da Cultura, principal jornalístico da TV Cultura, canal de televisão administrado pela Fundação Padre Anchieta, publicou em sua conta no twitter enquete com a seguinte questão:  “Você seria a favor de um golpe militar para frear uma escala de criminalidade?”

Mais cedo, o jornal mostrou numa reportagem pesquisa do Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação na qual 53,2% dos entrevistados disseram-se favoráveis a um golpe militar se o país estivesse tomado pela criminalidade.

Ou seja, a enquete era a continuidade do assunto pesquisado pelo instituto e divulgado pela atração. A polêmica, por óbvio, acendeu as redes sociais. De um lado, os que achavam por demais um canal que teve Vladimir Herzog como diretor fazer uma pergunta dessas. Do outro, os defensores da intervenção militar que não suportaram o termo “golpe”.

A TV Cultura não agradou nem gregos, nem troianos. Saiu queimada com ambos.


Continue lendo no Observatório da Imprensa.