É correto estimular moradias em áreas centrais

A intenção do Ministério Público de discutir plano de moradia para o centro de São Paulo está no caminho certo. Estimular a criação de habitações populares nos centros das grandes cidades é uma boa política pública.

Essa política ajuda as pessoas a obter mais renda, a encontrar trabalho com mais facilidade e a utilizar uma infraestrutura já amortizada que costuma ficar abandonada nos fins de semana.

Faz sentido ter planos habitacionais alternativos ao que deslocam as pessoas para a periferia das grandes cidades.

*

Criminalização dos movimentos sociais

Se organizadores de ocupações estão tirando proveito de pessoas em situação de vulnerabilidade social, cobrando aluguéis de R$ 400,00 por moradias precários, é óbvio que isso é um caso de polícia. É também prova de que o Estado falhou mais uma vez a proteger cidadãos.

No entanto, essa discussão é acessória. Funciona para criminalizar movimentos sociais que fazem uma luta meritória para

Continue lendo no Blog do Kennedy.