Por que e para quem a gente tanto escreve, afinal?

Acho que nunca na história da humanidade tantos se dedicaram com tamanho empenho a escrever sobre todas as coisas como nos dias atuais.

A toda hora vejo pessoas digitando sem parar por toda parte como se fossem mudar o mundo com o que escrevem.

Me dá a impressão de que hoje se escreve mais do que se lê e acho que isso não é bom, não deve fazer bem.

Haverá leitores para tudo o que escrevemos no zap-zap e nas redes sociais? Será que as pessoas não têm outras coisas mais prazerosas para fazer?

Tenho para mim que ler é uma forma de se alimentar com as experiências dos outros e aumentar nosso conhecimento.

É sempre bom ler antes de digitar, informar-se bem, pois nem sempre o que escrevemos tem algum interesse para os outros.

Só deveríamos escrever quando for absolutamente necessário, como falar ao telefone numa emergência ou tomar

Continue lendo no Balaio do Kotscho.