Huck está mais para Berlusconi que para Macron

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já vinha enfraquecendo a candidatura de Geraldo Alckmin ao estimular nos bastidores a filiação de Luciano Huck ao PPS a fim de disputar o Palácio do Planalto. Mas ontem deu o tiro mais forte até agora na pretensão presidencial do governador de São Paulo.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, FHC disse que uma eventual candidatura do apresentador de TV Luciano Huck seria boa para o Brasil. “É bom ter gente como o Luciano porque precisa arejar, botar em perigo a política tradicional, mesmo que seja do meu partido. É preciso que ela seja desafiada por pessoas portadoras de ideias e processos políticos novos para que o próprio partido possa avançar. Está havendo sinal nessa direção”, afirmou.

A ala tucana que defende a candidatura de Alckmin considera que o ex-presidente está sendo desleal em relação ao governador paulista, porque FHC o incentivou a assumir o

Continue lendo no Blog do Kennedy.