Nem subemprego resiste: cai número de vagas temporárias na Páscoa

A indústria de chocolates e as lojas especializadas do setor contrataram 23,5 mil trabalhadores temporários para a Páscoa. O número é 5,9% menor que o registrado no ano passado.

Esta é a segunda queda consecutiva nas contratações. No ano passado, o segmento já havia empregado 15% menos temporários que em 2016. Os funcionários, em geral, são admitidos para trabalhar entre outubro e março.

O dado mais recente, do primeiro semestre de 2017, mostra uma produção com variação negativa de 0,4%.

 

O post Nem subemprego resiste: cai número de vagas temporárias na Páscoa apareceu primeiro em Blog da Cidadania.

Continue lendo no Eduardo Guimarães.