A lei tributária americana de 2017 , por Joseph E. Stiglitz, O Globo

Joseph E. Stiglitz, O Globo

Nunca uma legislação rotulada simultaneamente como corte de impostos e reforma foi recebida com tanta desaprovação e escárnio como a lei aprovada pelo Congresso americano e sancionada pelo presidente Donald Trump um pouco antes do Natal.

Os republicanos que votaram a favor (nenhum democrata o fez) alegam que seu presente acabará sendo apreciado posteriormente, à medida que os americanos virem sua renda crescer. Eles estão redondamente enganados. Em vez disso, a lei embrulha em um único pacote tudo o que está errado com o Partido Republicano e, em alguma medida, o estado de degradação da democracia americana.

Alegislação não é uma “reforma tributária” nem mesmo pela mais elástica leitura. Uma reforma implica fechar lacunas distorcidas e elevar a justiça fiscal do código tributário.

E é crucial à noção de justiça a capacidade de poder pagar. Mas esta legislação tributária desconta as taxas, em média, em


Continue lendo no Blog do Noblat.