Com a palavra, o editor

EDIçãO BRASILEIRA DA COLUMBIA JOURNALISM REVIEW > Um google avant la lettre

Com a palavra, o editor Por Fernando Gabeira em 18/12/2017 na edição 971 Uma reflex sobre a criação, os desafios, as conquistas e um cochilo dos Cadernos de Jornalismo comentários

Assim como o departamento de Pesquisas, os Cadernos de Jornalismo do Jornal do Brasil foram obra de Alberto Dines, um grande e inquieto editor que voltara de uma temporada nos Estados Unidos. Naquela época, meados dos anos 1960, ainda não era possível pressentir a revolução digital que traria um imenso impacto ao jornalismo, mas a intenção de Dines era melhorar a qualidade da informação e, simultaneamente, responder ao crescimento do jornalismo televisivo, especialmente o da Globo.

Costumo dizer que o Departamento de Pesquisas era um Google, avant la lettre. Era feito de papel, pastas


Continue lendo no Observatório da Imprensa.