Uma Escola Base a cada dia

IMPRENSA EM QUESTãO > Jornalismo do espetáculo

Uma Escola Base a cada dia Por Nereide Beirão em 13/12/2017 na edição 970 comentários

Intelectuais, entidades, fóruns, movimentos sociais e representantes da comunidade acadêmica manifestam apoio à UFMG. (Foto: Foca Lisboa/UFMG)

O processo segue o mesmo roteiro. A polícia, procuradores, promotores fazem, com estardalhaço, uma acusação, enquanto investigados são presos ou, eufemisticamente, conduzidos coercitivamente por policiais fortemente armados para depor. Os delegados, promotores e juízes comandam o espetáculo. Convocam a imprensa, dão entrevista, expõem suas suposições, que viram verdades, sem contestação. Os jornalistas reproduzem as informações, complementando com uma curta defesa do acusado ou do seu advogado, que mal conhecem a acusação. Os nomes e as imagens dos investigados, alçados à condição de acusados e culpados, são expostos, sem qualquer pudor. O linchamento moral está feito. Não


Continue lendo no Observatório da Imprensa.