Sob cerco, Lava Jato restitui dinheirama roubada

Noutros tempos, dinheiro roubado do Estado era como pasta de dente que sai do tubo. Colocar de volta era algo impensável. A Lava Jato criou um novo paradigma. A verba surrupiada —ou parte dela— agora faz o caminho de volta. O Ministério Público Federal devolveu R$ 653,9 milhões para a Petrobras.

No total, já retornaram aos cofres da estatal R$ 1,47 bilhão. E a cifra pode aumentar para R$ 10,8 bilhões. Isso, evidentemente, se a aliança entre políticos desonestos e magistrados desconexos não atrapalhar a formalização de acordos de delação dos corruptos e de leniência das empresas corruptoras.

Se os últimos acontecimentos provam alguma coisa é que não se deve subestimar o complô suprapartidário que se montou contra o combate à corrupção no Brasil. Congelam-se investigações contra Temer e seus ministros, transfere-se para o Senado o poder para livrar a cara de Aécio, trama-se no Supremo facilitar a vida

Continue lendo no Blog do Josias.