Acusações de Tacla Durán merecem ser investigadas

O advogado Rodrigo Tacla Durán, que trabalhou para a Odebrecht e a UTC, deu um depoimento ontem à CPI da JBS por teleconferência. Tacla Durán chegou a negociar acordo de delação premiada com a Lava Jato, mas desistiu e fugiu para a Espanha, onde está foragido. Ele é acusado pela Lava Jato de ser doleiro, o que ele nega.

Na CPI, fez acusações graves. Por exemplo: disse que extratos falsos foram usados contra o presidente Michel Temer numa denúncia apresentada por Rodrigo Janot, que foi procurador-geral da República.

As acusações de Tacla Durán devem ser vistas com cautela. Ele fugiu do Brasil e usa a cidadania espanhola para se proteger das acusações. Esteve envolvido em operações de pagamento de propina da Odebrecht e da UTC, segundo investigação da Lava Jato. Logo, não se pode comprar pelo valor de face o que ele diz.

No entanto, Tacla Durán apresentou documentos à

Continue lendo no Blog do Kennedy.