Huck ilustra risco e dificuldade de outsider disputar Planalto

Em artigo hoje na “Folha de S.Paulo”, o apresentador Luciano Huck encerra a especulação que ganhou força nas últimas semanas sobre disputar a Presidência da República. Mas, em política, é arriscado considerar todo movimento como definitivo.

Ainda há muito tempo para oficializar uma candidatura presidencial. As convenções partidárias que farão isso estão previstas para acontecer entre 20 de julho e 5 de agosto.

Obviamente, uma candidatura presidencial não se faz da noite para o dia, ainda mais a de alguém que nunca disputou eleição. Seria preciso que essa eventual postulação estivesse na rua bem antes de 20 de julho, mas ainda há tempo para muitas articulações até abril, quando vencerão prazos eleitorais importantes. Um deles é a necessidade de estar filiado a um partido. No início de abril, quem ocupa cargo executivo e quiser concorrer a um eletivo terá de deixar essa posição, exceto aqueles que forem concorrer à reeleição.

No artigo,

Continue lendo no Blog do Kennedy.