CPMI da JBS quer fazer acareação entre procurador que foi preso e ex-diretor jurídico da J&F

Compartilhar Facebook Twitter Google+ Whatsapp X

Sal na janta Presidente da CMPI da JBS, o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) decidiu realizar a primeira acareação na comissão na semana seguinte ao feriado da Proclamação da República. Serão chamados o diretor jurídico da J&F, Francisco de Assis e Silva, e o procurador Ângelo Goulart Villela.

Leia a íntegra da coluna aqui.

Continue lendo no Painel Folha.