Há 500 anos, a reforma abriu o caminho para o mundo moderno

MEMóRIA > Histórias do jornalismo e sociedade

Há 500 anos, a reforma abriu o caminho para o mundo moderno Por Rui Martins em 31/10/2017 na edição 964 comentários

Reprodução da pintura de Julius Hübner feita no século XIX que retrata a afixação das Teses diante de uma multidão. (Crédito: Domínio Público/Julius Hübner)

Nesta terça-feira (31), o mundo protestante, cerca de 800 milhões de praticantes, comemoram os 500 anos da Reforma, tomando como ponto de partida as 95 Teses, que um monge agostiniano, de apenas 34 anos, Martinho Lutero, colocou nas portas da igreja de Wittenberg, denunciando o comércio da venda de indulgências para se sair do Purgatório. Foi um gesto de extraordinária coragem, pois acabou se transformando num confronto com o Papa Leão X, numa época em que as fogueiras da Inquisição ainda estavam acesas.


Continue lendo no Observatório da Imprensa.