Jane Fonda sabia de abuso sexual de Weinstein há um ano, mas preferiu se calar

Por Rodrigo Constantino

A atriz e ativista de esquerda Jane Fonda disse em uma entrevista na CNN que já sabia do abuso sexual de Harvey Weinstein há um ano, quando uma das vítimas lhe contou seu caso. Apesar disso, ela preferiu se calar, e se diz agora envergonhada por isso. A entrevistadora pergunta o motivo do silêncio, já que ela é tão “corajosa”, e Fonda coloca a culpa nesse “direito masculino” que existiria na sociedade machista, não no fato de se tratar de um importante colaborador da esquerda:

Jane Fonda reconhece que Harvey Weinstein era uma pessoa ruim, não só pelos abusos sexuais, mas por como tratava todos, seus funcionários. Curiosamente essa revelação também só veio à tona agora, pois nenhum ativista de esquerda atacava Harvey antes, quando ele era paparicado por todos os democratas como um dos produtores mais engajados nas causas “progressistas”.

Aliás, a cara de pau


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.