#SanatórioGeral: Gente fina

“É claro que a gente cometeu alguns erros”. (Cesare Battisti, terrorista italiano, em entrevista ao Estadão, explicando que foi condenado à prisão perpétua pela Justiça do seu país não por ter participado de quatro assassinato, mas por ter cometido “alguns erros” que o obrigaram a fugir para o Brasil e aguardar a absolvição decretada por Lula)

Arquivado em:Política


Continue lendo no Blog do Augusto Nunes.