Editorial do Globo resume bem destruição petista na Petrobras, mas falha na conclusão

Por Rodrigo Constantino

O editorial do jornal O GLOBO hoje, sobre o aparelhamento petista na Petrobras, tendo como pano de fundo a refinaria de Pasadena, no Texas, tinha tudo para ser perfeito, não fossem duas falhas mortais. O tema voltou à tona após o TCU decidir congelar os bens de conselheiros da estatal, inclusive da ex-presidente Dilma. Diz o jornal:

O caso da refinaria de Pasadena, no Texas, se destaca nessa galeria de símbolos do naufrágio no período em que o país era governado por Lula e a Petrobras comandada pela então ministra Dilma Rousseff.

[…] Sob Dilma, o conselho não cumpriu “sua obrigação de acompanhar a gestão da Diretoria Executiva, por meio da análise devida das bases do negócio que seria realizado”, argumentou o TCU. Acrescentou que não se cuidou nem mesmo da requisição de “esclarecimentos mais detalhados sobre a operação antes de sua autorização, violando assim o ‘dever


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.