Justiça manda polícia devolver bens apreendidos na casa do filho de Lula

Menos de 24 horas após a invasão da casa de Marcos Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, em vinhedo, por uma equipe liderada pelo delegado Carlos Renato de Melo Ribeiro, o policial foi afastado da investigação.

Fonte do Blog da Cidadania afirma que o delegado teria ligações com o PSDB de Vinhedo, daí o afastamento da  investigação.

Além disso, segundo o Jornal Extra, A Justiça determinou a devolução dos bens apreendidos pela polícia na casa de Marcos Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A operação de busca e apreensão no imóvel que fica em Paulínia, interior de São Paulo, foi autorizada após trabalho de campana de policiais que investigavam uma denúncia anônima de tráfico de drogas e armas. Apesar disso, nada relacionado a supostos crimes foi encontrado nesta terça-feira na residência.

A polícia apreendeu documentos e computadores sob o argumento de possível relação com o crime investigado. Nesta

Continue lendo no Eduardo Guimarães.