Janot cita Shakespeare ao sair, Dodge o papa Francisco, ao entrar

Raquel Dodge tomou posse como procuradora-geral da República cedo de manhã, numa cerimônia adiantada para que o presidente Michel Temer pudesse participar a tempo de viajar para os EUA, onde tinha jantar marcado com Trump. “O país passa por um momento de depuração”, afirmou. Citou o papa Francisco para explicar a alma do corrupto. “Corrupção não é um ato, mas uma condição, um estado pessoal e social, no qual a pessoa se habitua a viver.” Com exceção da ministra Cármen Lúcia, todos os…


Continue lendo no Canal Meio.