Prefeito democrata de Seattle renuncia após denúncias de ter molestado crianças

Por Rodrigo Constantino

(Karen Ducey/Getty Images)

Depois de meses de luta contra acusadores que disseram que foram molestados por ele quando crianças, o prefeito de Seattle está renunciando ao seu cargo. O prefeito Ed Murray anunciou na terça-feira que pretendia se demitir apenas algumas horas após a última acusação ter sido revelada por um quinto acusador.

Murray é um democrata e o primeiro prefeito gay de Seattle. “Embora as alegações contra mim não sejam verdadeiras, é importante que meus problemas pessoais não afetem a capacidade do governo da nossa cidade de conduzir os negócios públicos”, disse ele em um comunicado.

“Às pessoas dessa cidade especial e à minha equipe dedicada”, acrescentou, “peço desculpas por essa situação dolorosa”.

Em julho, o Seattle Times descobriu um relatório da CPS sobre seu suposto abuso que anteriormente se acreditava ter sido destruído. O relatório Oregon Child Protective Services concluiu em 1985 que Murray tinha


Continue lendo no Blog do Rodrigo Constantino.