Dirceu ganha liberdade; Moro e Dellagnol levam surra no STF: Gilmar Mendes diz que procurador praticou “brincadeira juvenil”

Por 3 votos a 2, STF manda Curitiba soltar Dirceu. Decisão mostra que Moro age como juiz fora da lei: prende blogueiros de quem não gosta, usa conduções coercitivas contra desafetos, divulga áudios de maneira seletiva e mantem presos aqueles de quem não gosta. Dellagnol, procurador aliado a Moro, tentou encurralar STF. E levou uma reprimenda de Gilmar Mendes: “brincadeira juvenil”.

por Rodrigo Vianna

Os primeiros sinais foram notados em fevereiro, no velório de Dona Marisa. Reportagem da revista Brasileiros (clique aqui para ler) foi a primeira a captar o movimento que aproximou tucanos (aí incluído o ministro do STF Gilmar Mendes) e Lula – para conter os abusos judiciais.

No início de abril, escrevemos aqui no Escrevinhador que o sistema político (ou parte dele) dava sinais de que aceitaria a liderança inevitável de Lula para conter as arbitrariedades do juiz Moro e da chamada Operação Lava-Jato: Lula é a estabilidade possível

Continue lendo no Escrevinhador.