Cunha chantageia Temer; Moro usa até mensalão contra Lula

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha atacou novamente o presidente Michel Temer _dessa vez, incluindo no alvo o ministro Moreira Franco.

Num processo da Operação Sépsis, que tramita na Justiça Federal de Brasília e que investiga desvios no FI-FGTS (Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), Cunha colocou Temer como testemunha de defesa e apresentou uma série de perguntas. Nessas questões sobre o FI-FGTS, recursos administrados pela Caixa Econômica Federal, o ex-presidente da Câmara fez insinuações sobre Temer e Moreira a respeito de eventuais desvios no fundo.

O ex-presidente da Câmara já havia agido assim no processo que responde em Curitiba, onde está preso, por causa da Lava Jato. Agora, repetiu o procedimento no âmbito do processo que tramita em Brasília. Nos dois casos, fez insinuações contra o presidente da República que são pura chantagem política.

Cunha bombardeou Temer e Moreira Franco. É o método dele.

Continue lendo no Blog do Kennedy.